Joana Guerra

Violino
Diretora Pedagógica


Terminou os estudos na EPABI em 2009, com João Mendes; Licenciatura Violino na ESART (2009-2012)- estudos com Augusto Trindade e Alexandra Trindade; Mestrado em Ensino  - Instituto Piaget de Almada (2012 - 2014), onde estudou com o violinista Bin Chao e realizou o estágio pedagógico no Instituto Gregoriano de Lisboa.
Pós-graduação em Administração Escolar - 2019 no ISCTE.


Frequentou masterclasses com professores como Daniel Rowland, Ilona Sie Dhian Ho, David Frühwirth, Cármelo De Los Santos, Zofia Kuberska-Woycicka e maestros como Roberto Perez, Mark Tardue, Jan Dobrzelewski, Pedro Carneiro, Pedro Figueiredo, Brad Lubman, Maurizio Dini Ciacci e Jean Sébastien Béreau. 



Durante vários anos especializou-se sobre o repertório erudito contemporâneo, tendo trabalhado com compositores como Wolfgang Mitterer, Gerhard Stäbler, Keiko Harada, Hans Abrahamsen, João Pedro Oliveira e Mario Mary. Participou na Academia de Verão do Remix Ensemble 2014 (Casa da Música, Porto) e KLANGSPUREN International Ensemble Modern Academy 2014 (Áustria).



Concertos a solo e com Ensemble em lugares como: Casa da Música (Porto, Portugal), Palácio Foz (Lisboa, Portugal), Aula Magna (Lisboa, Portugal); Stift Festival (The Netherlands); Logos Foundation (Gent, Bélgica); Filipinas: Ateneo De Manila University, Universidade de San Agustin, Talaandig Indigenous Group Community, Xavier University, Capitol University, Mindanao State University, Camiguin Polytechnic State College; Brasil: Salvador, Belo Horizonte, São João Del Rei, Parnaíba, São Bernardo e São Paulo.



Discografia: 2017 – Mario Mary: musique mixte – Ensemble DME – Collegium Musicum Electroacústico.

Professora no Conservatório de Música de Seia de 2010-13; Directora de Produção do Festival DME de 2011-17; Entre 2013 e 2018 tocou regularmente com o Ensemble DME - Collegium Musicum Electroacústico. Professora no Conservatório de Música de Sintra de 2017 - 2020;  Directora Pedagógica e professora de Violino da Escola das Artes do Alentejo Litoral desde 2014.