Vitor Mira

Acordeão

Iniciou os estudos musicais aos 8 anos em Montemor-o-Novo em aulas particulares com o Prof. José António Mogueira, tendo terminado em 2000 o Curso Oficial de Acordeão no Instituto Musical Vitorino Matono, em Lisboa, na classe do Prof. José António Anselmo de Sousa com média de 18 Valores.

Frequentou Cursos de Aperfeiçoamento instrumental, orientados por professores de renome internacional como V. Semyonov, Friedrich Lips, Vladimir Zubitsky e Maximilliano Pitocco.

Frequentou as Orquestras de Acordeãos do Instituto Musical Vitorino Matono, em Lisboa sob orientação do Prof. Vitorino Matono, e também a Orquestra do Prof. Joaquim Raposo sob a orientação do próprio.
Participou em vários concursos de acordeão, onde obteve dois segundos lugares no Concurso Nacional em Alcobaça (1996 e 1997).

Têm participado como júri no Concurso Nacional de Acordeão e Guitarra Portuguesa de Santarém, organizado pelo próprio junto com o Conservatório de Música de Santarém e Internacionais como o Troféu Mundial de Acordeão.

Iniciou a sua profissão como professor de Acordeão na Escola de Música Casa Espadinha em Montemor-o-Novo em 2000, lecionou na Escola Jaime Chavinha em Minde entre 2002 e 2005, no Conservatório Regional de Coimbra entre 2003 e 2005, Conservatório do Alto Alentejo em Reguengos de Monsaraz em 2005 e 2006.

Actualmente a leccionar no Conservatório de Santarém desde de 2001, no Conservatório das Caldas da Rainha desde 2003, Na Escola de Artes de Sines desde 2009 e na Academia de Música de Óbidos desde 2015.